~~~~~ Filosofias Salgadas (Morto) | Oceano Pensante (Renatito) ~~~~~


sexta-feira, abril 16, 2010

Ao chegar na beira da praia, alí na orla do mar, senta-se e começa a escavocar a areia, com os dedos dos pés. Venta um pouco. As mãos apóiam o corpo: braços esticados pra trás, apenas mantendo o peso que, de outra maneira, faria com que o dorso invariavelmente encontrasse repouso.

E ao pensar nisso, rende-se... Os braços não mais agem e o corpo finalmente tomba na superfície fofa das dunas. As mãos agora acariciam punhados de areia. E ele observa que, tal qual seus planos, a areia tende a esvair-se facilmente por entre os dedos.

Não é uma boa maneira de mudar as perspectivas. Não é uma boa maneira de pensar em seguir a vida. Não é uma boa maneira pra sequer criar justificativas de como seguir com aquela vida. Mas a culpa não é dele: a culpa é da areia; são seus grãos pequeninos e sua vontade de serem livres, seguir com o vento - não trancafiados entre dedos irresponsáveis e sem futuro.






arquivo...

Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Dezembro 2009   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Fevereiro 2011   Março 2011   Maio 2011   Junho 2011   Setembro 2011   Dezembro 2011   Fevereiro 2012   Abril 2012   Outubro 2014   Setembro 2017  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?